sábado, 16 de outubro de 2010

Tempo é Questão de Prioridade : por Cristiano Maffra

                É  sempre a mesma história. Chega o final do ano, aos primeiros sinais de sol, verão e calor, e nossa profissão (educador/personal trainer) passa de repente como num passe de mágica a ser, quase que vital,  no cotidiano dos alunos, assim como aumenta o numero de individuos se matriculando em academias em todo pais,e também  aumenta a demanda de suplementos nas lojas especializadas e as estúpidas revistas que tem por aí começam  aquele “massacre” de informações inúteis do tipo “perca ate 10 centímetros em apenas 10 semanas, “Dieta da fruta: 5 kilos em uma semana” , “Fique seco pro verão com apenas 20 minutos do nosso programa avançado direto da Galáxia de Alfa-Centauro” blabla, ao passo que nos meses que se antecedem, uma total apatia, e eu diria ate displicência com tudo isso se faz presente com salas vazia,s alunos que somem “misteriosamente” como nos episódios do X-Files e não se vê ninguém nos parques correndo com suas vestimentas ultra novas de ultima geração , seus Polar (frequencímetros) ou ainda seus tênis magnéticos de ultra propulsão supersônica (arrrgh !)...
                            Desculpem-me os atletas de verão que estiverem lendo isso aqui, me desculpem aqueles que vestem a carapuça, me desculpem ate meus alunos que se achem incluídos nesse contexto, mas eu falo isso pra vocês cara-a-cara e não tenho porque não repetir. Não se trata da questao apenas do dinheiro, ou algo do tipo, de ter mais alunos treinando conseqüentemente se ganhando mais... Isso e conseqüência, e ótimo claro, mas (prestem bem atenção), bom para ambas as partes.Se trata de que estamos falando de atividade física, e sabemos que para bons resultados ela dever ser continuada e habitual, se trata do SEU corpo, e que ele funciona  como uma perfeita maquina biológica,e  funciona de maneira harmoniosa e precisa de TEMPO, para se adaptar, para que você possa exigir de maneira progressiva um pouco mais do mesmo, sem que você exija tanto  que no maximo ganhe uma lesão por excesso de treino e mal preparo, ou sofra um infarto no meio do Parque do Ibirapuera, ou ainda  tenha que procurar meu colega ortopedista dr. Paulo Muzy pra ter que ver seu menisco (antiga rotula do joelho) destruída por meses de sedentarismo seguidas de treino intenso para próxima maratona de NY. Todo mundo sabe (ou deveria), ate mesmo aqueles que já tem uma rotina de treinamento, o quanto o corpo fica “quebrado” e “dolorido” quando você passa um bom tempo afastado das atividades físicas, ou mesmo quando você se arrisca numa nova modalidade que nunca praticou, não e mesmo ? A atividade física como sabemos hoje em dia não e só poder “tirar camisa na praia”, conseguir um “novo parceiro chamando sua atenção com belo corpo” e nem muito menos poder usar “fio-dental” na praia. Ela deve ser parte da sua vida, assim como comer bem, ler bons livros, conhecer e conversar com pessoas que te agreguem boas informações e ter um bom emprego para que possa então  viver dignamente. 


Ou seja,   deve ser colocada como prioridade no contexto da sua vida. E fato,  que nos como bípedes tivemos um diferencial dos nossos irmãos macacos pela precisão dos MOVIMENTOS, ou seja, nossa ascensão na escala do desenvolvimento, foi nos presenteada pela distinção dos movimentos grosseiros dos chimpanzés em contrapartida a delicadeza e capacidade de nos humanos  de executar movimentos de precisão com nossas mãos, e membros, que nos atribuíram centenas e milhares de atividades que só nos podemos executar... Não foi a toa que ficamos eretos e que nossos para vertebrais (músculos de sustentação da coluna) se adaptaram para que pudéssemos andar da forma que fazemos e finalmente pudéssemos correr de forma mais harmônica e aerodinâmica, ou nossos dedosda mao pudessem ter a leveza necessária para executar Beethoven ao piano, ou ainda montar um microship na linha de produção da Apple ou Microsoft.  Nossos movimentos, cada vez mais e mais precisos, fizeram que nosso cérebro cada vez mais e mais também se aprimorasse e codificasse esse nosso universo de possibilidades, mas nos relutantes parece que estamos esquecendo-se disso e fazendo que o movimento seja cada vez mais deixado de lado e esquecido, projetando “confortos” da vida moderna para a todo tempo burlá-lo como escadas rolantes, carros automáticos, etc... Ou seja, quanto menos movimento melhor, logo nosso fim será igual ao daquele filme do Bruce Willis, "Substitutos",  em que teremos réplicas para viverem a vida em nosso lugar?

cena do filme Substitutos

                     Mas foquemos na questão simples na qual rege nosso enunciado: Tempo. A maior desculpa para não se praticar atividades físicas das pessoas em geral e a falta de tempo, ou seja, parece que os dias quentes então possuem duas horas a mais do que o resto do ano. Não se engane você não prioriza isso logo nunca vai conseguir inserir na sua rotina. Não ache que em dois meses você terá o mesmo resultado de doze ao longo do ano que você não terá... Ate pode ficar satisfeito com um trabalho rápido mas com certeza seria muito, mas infinitamente muito melhor se você tivesse feito as coisas como deveria ao longo de todo o ano. Seu corpo precisa de muito mais do que você imagina no que tange a atividade física. Seu coração como músculo precisa trabalhar e também se exercitar, seu corpo precisa gastar calorias e estar “em dia” consigo mesmo pra pelo menos tentar expulsar todo esse lixo industrializado (leia-se junkie food) que a indústria da alimentação e a vida moderna nos enfiam goela abaixo, onde sódio, gordura trans e muitos conservantes com nomes alienígenas entram pra dentro do nosso corpo sem serem convidados. Não da pra deixar o carro na garagem durante dez meses e tentar tira-lo apenas no verão para dar uma voltinha ou da? Você já tentou? Já viajou por algum tempo e tentou liga-lo ? Pois e a bateria fica arriada o óleo viscoso e as borrachas todas ressecadas... Transponha isso pro SEU corpo e mais menos e isso que acontece com você... Agora piore um pouco a situação, peque esse carro dez meses na garagem e vai fazer com ele uma viagem em uma auto-pista forçando seu motoro nas ultra-passagens, ou cair numa free-way que são as auto-pistas que tem na Europa e EUA sem limite de velocidade.. Pois e meus caros e isso que precisamos entender.


               Atividade física tem que ser constante e continuada. Devemos entender e aceitar isso. Ok, você não e um atleta e não quer disputar ou competir nada, mas eu sei que você gosta de si, e que presa sua saúde. E esporte e lazer mas antes de tudo e saúde. Do que adianta você ter uma grande e gorda conta bancaria se você não tem saúde? Uma frase de um provérbio milenar japonês cabe aqui: “As coisas mais caras da vida são aquelas que você não pode comprar”. Logo as atividades físicas, não compram mas elas são moeda de permuta, entre algumas horas de movimento, suor e moderado esforço por muita longedividade e qualidade de vida e elas ainda te dão um “plus” de uma aparência saudável, um belo visual e muita vitalidade que você usa como quiser, quando e com quem quiser... Não existe falta de tempo, existe querer e fazer, ou não querer e não fazer, organize-se mais, acorde mais cedo, Assista menos televisão, perca menos tempo com atividades não tão importantes, tenho certeza que há tempo no seu dia sendo desperdiçados que você pode remanejar pra incluir uma ou duas horas de treino alguns dias na semana no seu dia... Procure uma academia, em local próximo que te poupe tempo em conduções ou se estressando com o transito. Se a grana esta curta procure um bom  parque em seu bairro, tire a bicicleta do “gancho” la do prédio ou mesmo faca uma caminhada do trabalho de volta pra casa...Pesquisas em todo mundo já indicaram que a atividade física pode prevenir um n numero de doenças e que muitos tratamentos se mostram mais promissores quando aliados a mesma. Logo não espere você ficar obeso, doente, e com sua saúde muito ruim para chegar ao ponto de ir parar num medico, pois ele nos mandara você com um laço de presente, pois médicos cuidam de doenças, de saúde quem entende somos nos educadores físicos, treinadores e personal trainers.  E antes que comece as desculpas, compre uma bolsa e leve um tênis junto com você junto com uma roupa adequada para isso, ou mesmo deixe dentro do carro ou no fundo da mochila... Prioridade também requer organização...  Vejo vocês na próxima... Ou treinando por aí.









3 comentários:

  1. o post ta tão grande que irei ler tudo depois. rs
    não to conseguindo add vc no msn!
    deixe seu msn depois.
    jardel!
    abraço!

    ResponderExcluir
  2. Direto da Galaxia alfa centauro foi boa!!
    Muito bom o artigo brow!
    abssssss

    ResponderExcluir
  3. Cristiano, boa noite!
    Li seu artigo e achei espirituoso e inteligente.
    Gostei das comparações que você faz.
    Continue escrevendo!
    Abraços,
    Marly S. Mutschele

    ResponderExcluir